Top 10: jogos que mereciam mais atenção! (pt3)

31 05 2009

Continuando a escalada rumo ao topo trazemos agora o quarto lugar e também os jogos que levaram medalha de bronze e prata! Foi interessante ver que Magician Lord, jogo que ficou em quinto lugar na nossa lista (e é um favorito de todos os tempos meu – n0153), foi importante pra todo mundo que teve oportunidade de jogá-lo na época, esperamos que os nossos jogos mais bem colocados ainda continuem agradando!

—-

04 – Okami (Wii, PS2)

Okami_Wii_CvrSht_7.ai

Okami é um dos maiores injustiçados da lista. O jogo é um adventure que, além de sempre ser citado como “o Zelda da Capcom”, tinha tudo para dar certo, pois vem de uma grande software house, tem uma história fantástica além de gráficos maravilhosos, remetendo bastante à arte tradicional oriental. Talvez, um dos fatores decisivos para a falta de sucesso de Okami tenha sido que ele foi lançado em setembro de 2006, meses antes do lançamento do Wii e do Playstation 3, o que não explica, no entanto, a falta de vendas na versão disponível para o console Wii, a não ser que tenha sido visto pelo consumidor como simplesmente um port da geração passada.

Em Okami, você joga com Amaterasu, um lobo que foi despertado de seu sono de 100 anos e, mais uma vez, incumbido com a missão de salvar o antigo Japão de um Mal sinistro que ameaça escurecer toda a bela paisagem. Seus gráficos são cel-shaded, o q torna cada cut-scene, método usado para contar a história de Okami, cada chefe, um espetáculo de se olhar.

Você, como Amaterasu, é armado de um pincel mágico chamado Celestial Brush (bem ao estilo dos pincéis usados para caligrafia no antigo Japão) que usa para ações como atacar inimgos e resolver puzzles, no começo do jogo o uso é bem simples, se você precisa de um Sol, você o desenha com o Celestial Brush, um Sol aparece e ilumina a paisagem, fazendo tudo voltar à vida, porém, à medida que se progride, os puzzles ficam mais divertidos e complicados.

O uso do Celestial Brush é o ponto positivo do jogo na versão do Wii e parece ter sido concebido com o Wiimote em mente, a versão do PS2, por sua vez, tem um visual um pouquinho mais interessante já que usa um filtro de imagem que faz todo o jogo parecer uma pintura em papel, esse filtro, menos aparente na versão do Wii, faz certa falta, mas não influi na jogabilidade, já o Wiimote sim, no final das contas, qual versão jogar depende de qual videogame você tem/prefere, o que seria importante é que todos joguasse Okami, é uma pena que durante toda sua vida, Okami vendeu cerca de 400 mil cópias, uma quantia ridícula, principalmente se comparada aos números ridículos que jogos muito inferiores movimentam.

03 – Blast Corps (Nintendo 64)

Blast_Corps_Coverart

O que faz Blast Corps estar em terceiro lugar? O fato dele ser um jogo completamente inovador para seu período e, mais uma vez, como os outros, quase ninguém jogou.

A sua história é muito simples: um caminhão carrega um míssel nuclear que lockou sua mira e não permite que o caminhão manobre e desvie de obstáculos e é ai que você entra. Utilizando uma série de veículos diferentes, você deve limpar o caminho para que o comboio não exploda. Enquanto a história não é grandes coisas, a jogabilidade é que é incrível e inovadora.

Como dito, você tem varios veículos que pode usar para limpar o caminho, porém cada um se comporta de forma diferente, tornando certos veículos certos para certo tipo de missão. O interessante é que você tem escolha de qual usar, geralmente, inclusive muitas vezes você pode descer do seu veículo e caminhar pela tela até encontrar outro. Voê pode estar na sua moto que atira mísseis quando percebe que não chegará a tempo para limpar o caminho, então você desce, corre e pega o robô com foguetes e voa até seu destino destruindo tudo a sua frente. O fato de você ter tantas escolhas, além de adicionar bom motivo para se jogar o jogo várias vezes, também dá ao jogo uma grande profundidade e estratégia, repentinamente, você se pega pensando em rotas, no que fazer, onde ir primeiro, contando segundos e centésimos e o que era um jogo de destruição desmiolada se mostra muito mais complexo e estratégico que você imaginava.

Talvez o que tenha cooperado para que muitos deixasse o jogo de lado é a sua dificuldade. As primeiras telas você será capaz de limpar sem grandes dificuldades, porém, à medida que o progresso é feito, o jogo se torna completamente desafiante e, como dito cronometrar segundos, desenvolver estratégias de destruição e dominar cada veículo perfeitamente se torna obrigatório.

Só por esse jogo, a Rare merece respeito eterno. Muito se fala de Goldeneye, Killer Instinct, Ocarina of Time e alguns outros títulos como os melhores jogos do N64, mas, no frigir dos ovos, poucos jogos foram tão originais, desafiantes, intrigantes e viciantes quando Blast Corps, nosso medalha de bronze.

02 – Shenmue (Dreamcast)

shenmue_box.jpg

Lançando ao final de 99 no Japão e no início de 2000 no ocidente, Shenmue foi produzido por Yu Suzuki da SEGA para o Dreamcast, e a primeira coisa que ficará clara em sua mente após ver e jogar pela primeira vez será: O jogo estava MUITO a frente do seu tempo.

O título conta a história de Ryo Hazuki, que logo ao início do jogo testemunha o assassinato do próprio pai pelas mãos de um mafioso chinês chamado Lan Di. Além da morte de seu pai, houve também o roubo de um espelho, conhecido por Dragon Mirror. E é nesse clima de mistério que toda a história se desenrola. Por que seu pai foi morto? O que seria o Dragon Mirror? Quais as intenções de Lan Di? São essas as respostas que Ryo irá buscar.

Em relação aos termos técnicos, o jogo é simplesmente fantástico, Yu Suzuki levou sua obra a um novo patamar. Os níveis de interatividade apresentados por Shenmue jamais foram vistos até o momento, e muitos anos depois de seu lançamento, ainda não haviam sido implementados da mesma maneira e com a mesma qualidade em outros jogos. A sensação de liberdade é indescritível, assim como o nível de detalhe apresentado.

Shenmue se propõe a apresentar um mundo bastante real, tentando ser igual ao que nós vivemos, e o resultado obtido é o melhor possível, pois pode-se fazer praticamente qualquer coisa que der na telha, desde jogar fliperama, até colecionar brinquedinhos, ouvir fitas no walkman, fazer amigos e avançar ou não nos relacionamentos com as pessoas, enfim… As possibilidades são inúmeras.

O sistema de condições climáticas em tempo real ajuda ainda mais a aumentar o realismo e a perfeição de detalhes e imersão que o jogo se propunha. Com o passar das horas o dia vai se desenrolando, os habitos das pessoas vão mudando, como por exemplo, vão almoçar, trabalham, vão dormir. Nas datas festivas, algumas pessoas se vestem a caráter, mudam sua rotina. Às vezes chove, as vezes neva (dependendo da estação do ano). Esse tipo de interação é aclamado até mesmo hoje com jogos mais modernos.

Yu Suzuki revelou que a série Shenmue teria 16 capítulos, infelizmente só foram lançados os 2 primeiros. Após vendas muito abaixo dos esperado nos dois jogos, veio ainda a falência da SEGA, e até agora não se fala na produção de um novo jogo da série. Shenmue é um jogo espetácular até mesmo se visto hoje, mas infelizmente não foi conhecido o suficiente, mesmo com sua exposição, talvez tenha sofrido por ter sido lançado em um console de vida curta e com a falência de sua produtora. Uma grande injustiça com um dos jogos mais marcantes e revolucionários na história dos videogames. Sendo assim Shenmue é o nosso medalha de prata.

Domingo não é dia só de futebol e Faustão. Amanhã estará aqui o número 1 da lista, assim como alguns outros que, mesmo não tendo entrado na lista, merecem grande destaque!

P.S.: Se você perdeu, confira abaixo as outras duas partes!


Actions

Information

13 responses

31 05 2009
Top 10: Jogos que mereciam mais atenção! (pt 1) « XMBuzz

[…] Parte 3 – 4, 3 e 2 […]

31 05 2009
Top 10: Jogos que mereciam mais atenção! (pt 2) « XMBuzz

[…] Parte 3 – 4, 3 e 2 […]

31 05 2009
[Damaged]

e o 1º lugar vai para………………………Shenmue 2!( clap! clap! clap!)
e se n for eu t mato =P
auhauahuaha
jogasso!!!

31 05 2009
leo_casati

Ah o primeiro vai para o Super Man do n64

huahauha

31 05 2009
jaunzim

acertou =[
a gente tentando fazer a maior surpresa…

31 05 2009
J Secrets

Cara, jamais pensei que colocaria um game de Nintendo 64 na lista, mas é justíssimo.
Eu adoro esse game, e sem dúvida merece estar numa lista desse tipo.
É um jogão, que infelizmente está morto, agora que a Rare anda rumo ao fracasso…
Uma pena.

Os outros games também são justos, mas bato palmas por tê-lo colocado na lista(e tem mais um injustiçado no N64: Mischief Makers da Treasure, um game de ação/plataforma 2D).

31 05 2009
Berônio

Meu amigo, só de ver esse videozinho de gameplay do Okami, fiquei com vontade de joar de novo. Que jogaço.

O Blast Corps eu não conhecia, só de nome, e achei surpreendente pelo que vi.

E Shemnue é um clássico que eu nunca joguei. Foda.

Mas a lista tá massa =D
Parabéns!

31 05 2009
C.P.Jr.

sabendo como eh dificil agradar quem le com essas listas, fico contente com a reacao de voces! ehehehe… ainda mais pq os conheco e sei q, muitas vezes, nossos gostos nao batem! ehhehehehehe.. mas, de fato, soh tem jogao nessa lista, alguns jogos como Magician Lord, Shenmue, Okami, Blast Corps, mereciam primeiro lugar da lista! o jogo q a gente reservou pro topo talvez seja alvo de criticas, mas, de qualquer forma, tambem eh um jogaço… considerem esses jogos citados todos como primeiros lugares! ehauhauea

31 05 2009
Ivan

Eu alugava Blast Corps quando era moleque, mas não entendia nada, hehehe…Só ficava dirigindo os veículos feito um tonto.😛

31 05 2009
jaunzim

Bem legal mesmo de ver a reação do pessoal… Eu e o n0153 tivemos uma certa dificuldade inclusive pra fazer uma lista legal, visto que existem muitos jogos que ficaram de fora que com certeza entrariam facilmente aí…
Mas a reação quanto aos jogos escolhidos está sendo a melhor possível😀
Além do campeão do TOP 10, aguardem algumas menções honrosas… =P

1 06 2009
Top 10: jogos que mereciam mais atenção! (pt4) « XMBuzz

[…] Parte 1 – 10, 9 e 8 Parte 2 – 7, 6 e 5 Parte 3 – 4, 3 e 2 […]

9 06 2009
Carlos

Caramba, esse Okami parece ser muito massa hein!!! Vou ver se consigo encontrar… os gráficos e a movimentação parecem coisa de video clip rsrsrsrs

9 06 2009
C.P.Jr.

okami eh fantastico, cara… eu aconselho MESMO… seja pra ps2, seja pro wii… jogue!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




%d bloggers like this: